Beltrame anuncia reforço no policiamento da Baixada Fluminense e do Grande Rio

18/12/2013 Quarta-Feira, Dia 18 de Dezembro de 2013 as 20





Rio de Janeiro – O policiamento nos municípios da Baixada Fluminense e da região metropolitana do Rio receberá mais reforço no próximo ano. O secretário estadual de Segurança, José Mariano Beltrame, em reunião hoje (18) com os prefeitos, disse que várias ações estão previstas com esse objetivo.

O secretário anunciou a instalação de dez companhias destacadas, com 60 homens cada, previstas para o próximo dia 20 de janeiro; uma Delegacia de Homicídios, com reforço de 150 policiais, em Belford Roxo, para atender a toda a Baixada Fluminense; e mais 250 homens serão distribuídos por várias delegacias a fim de suprir o déficit de policiais civis.

Beltrame adiantou que alguns policiais civis já estão sendo encaminhados para a área metropolitana do Rio e que pretende marcar reuniões mensais com os prefeitos com o objetivo de discutir a situação da segurança pública em seus municípios.

"Todas essas ações foram medidas em cima de mancha criminal, pela qual destacamos locais onde percebemos uma incidência maior de violência do que em outros lugares. Chamamos os prefeitos dessas regiões para passar essas informações e dizer que pretendemos marcar reuniões mensais ou bimensais a fim de procurar sempre manter a parceria, porque sei que o trabalho de segurança primária também é muito importante", disse o secretário.

Ainda de acordo com Beltrame, duas das dez companhias destacadas serão instaladas em São Gonçalo, na região metropolitana, nos morros da Coruja e Menino de Deus e outra no Jóquei. Niterói vai receber uma companhia em Pendotiba.

Na Baixada Fluminense serão implantadas quatro companhias: na comunidade Gogó da Ema, em Belford Roxo; em Mangueirinha, em Duque de Caxias; em Cabuçu, em Nova Iguaçu; e na Vila Rute, em São João de Meriti. Na capital fluminense, duas companhias serão instaladas na zona norte, outra na Praça Seca, em Jacarepaguá, e mais uma em Bangu, na zona oeste.

Para o prefeito de São João de Meriti, Sandro Matos, o encontro de hoje serviu para fortalecer os laços entre o estado e os governos municipais, principalmente com os municípios da Baixada Fluminense.

"Não tem como fazer política pública de segurança sem ouvir os prefeitos. Com esse projeto, o secretário mostrou maturidade e que realmente está interessado na causa pública da Baixada Fluminense. Já existia uma política de segurança implementada, mas faltava um diálogo maior com um fortalecimento das delegacias e dos batalhões", disse Matos.

Fonte: Agência Brasil

Comentar notícia Indique a um amigo Imprimir notícia 

>> Últimos comentários

 Outras notícias.
20/10/2014
Acusados de adulterar leite são presos no Sul
20/10/2014
Quando os pais tornam-se os filhos
20/10/2014
Ministério Público debate saúde e direito no Rio
20/10/2014
Defesa Civil reconhece emergência em oito cidades de cinco estados
20/10/2014
Polícia Civil do Rio inaugura Central de Atendimento ao Cidadão
20/10/2014
Torcedores que participaram de emboscada em SP são transferidos para o CDP
20/10/2014
Fórum Global de Desenvolvimento Sustentável reúne líderes na Dinamarca
19/10/2014
Liberdade de imprensa é um dos temas da 70ª Assembleia Geral da SIP
19/10/2014
Mulheres criam página na internet para denunciar mortes em hospital do Rio
19/10/2014
Especialista diz que população tem que participar mais do combate à corrupção
rodape 1