Caesb assina acordo para melhorar sistema de saneamento de Pernambuco

09/08/2013 Sexta-Feira, Dia 09 de Agosto de 2013 as 9

Caesb assina acordo para melhorar sistema de saneamento de Pernambuco

Cooperação visa desenvolver uma gestão ambiental semelhante ao adotado no DF

BRASÍLIA (9/8/13) – A tecnologia utilizada pela Caesb no DF servirá de modelo para o desenvolvimento do sistema de esgotamento sanitário de 12 cidades de Pernambuco graças a assinatura do acordo de cooperação técnica com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), no valor de R$ 754 mil.

 

"Faremos uma transferência de tecnologia do sistema adotado em Brasília e que é referência no Brasil e até no mundo, que tem o objetivo de garantir o atendimento com o menor custo possível e da forma mais simplificada", explicou a assistente de projetos especiais da Caesb, Maria Martinele Martins à Agência Brasília.

 

Entre as atividades previstas pelo acordo está a preparação dos trabalhos sociais envolvidos com a aplicação do sistema condominial, modalidade que torna o serviço mais barato e eficiente, pois as redes passam dentro das quadras residenciais.

 

"Pernambuco nos procurou porque o projeto inicial elaborado por eles para a construção do sistema das cidades estava caro e conseguimos reduzir entre 40% e 70% os custos", complementou a assistente.

 

O foco da parceria é o Programa de Saneamento Ambiental Ipojuca, que investirá na implantação de sistemas de esgotamento sanitário em 12 cidades que ficam às margens do rio.

 

Quatro municípios receberam visitas de técnicos da Caesb para elaboração do diagnóstico.

 

A companhia tem outros acordos semelhantes em países como Haiti e Nicarágua, que assinaram os acordos com o órgão.


Fonte: Agência Brasília

Comentar notícia Indique a um amigo Imprimir notícia 

>> Últimos comentários

 Outras notícias.
31/07/2014
Filhote de peixe-boi encontrado em cativeiro recebe cuidados no Inpa
31/07/2014
Comunidades debatem criação de reservas com o ICMBio
31/07/2014
Potencialidades do Cerrado são tema de debate em sete oficinas
31/07/2014
Ibama capacita militares na Bolívia em ações de prevenção
31/07/2014
Despoluição da Baía de Guanabara começou na década de 90, mas não teve eficácia
31/07/2014
Pescadores reclamam de perda de espaço e da diminuição de espécies
31/07/2014
Falta de saneamento básico agrava poluição na Baía de Guanabara
30/07/2014
Encontro reúne organizações sociais para falar sobre reúso de águas
30/07/2014
Museu Emílio Goeldi inaugura exposição na Ilha de Marajó
30/07/2014
Oficina elabora plano de manejo do Parque Nacional da Serra do Pardo (PA)
rodape 1